Pesquisa personalizada

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

"Embora doa"

"É a dúvida que resta,
que me leva a perguntar...
Qual papel será o meu?
O de quem nada faz?

Embora doa,
nada fiz para mudar
Embora doa,
nada vai mudar.

E revemos nas imagens
Que não passa de um esboço...
Escolhem os senhores da Guerra
os motivos a seu gosto...

Embora doa,
nada fiz para mudar.
Embora doa,
nada vai mudar.

Porque nada surpreende?
Já vivemos com o medo.
Quem nos chama à razão?
Ao som de armas adormeço...

Embora doa,
não me faz perder o sono.
Embora doa...

Escorre sangue pelo ombro
Em directo na TV
Explode carne em mãos
De quem nada fez.

Embora doa,
não me sujo desse sangue.
Embora doa,
há sempre outro canal.
Embora doa...
Embora doa,
não me sujo desse sangue
Embora doa,
há sempre outro canal.

É a dúvida que me resta
que me leva a perguntar..."

Klepht


video

Sem comentários: